Campeonato de poker em casa: como organizar?


Organizar um campeonato de poker em casa é diversão garantida. Além disso costuma ser bem mais barato que sair à noite. ;) 

Torneio de poker em casa e a baralhada comendo solta =D

Seguem abaixo algumas dicas para o seu campeonato de poker fluir da melhor forma possível:

Olho no relógio. Se vocês têm horário para encerrar o torneio, criem uma estrutura condizente. Não adianta jogar um sit deep stack de 10 mil fichas com blinds 25/50 aumentando de 30 em 30 minutos com 10 jogadores e achar que o jogo terminará em 2 horas e meia. Adeque o tempo de blinds e número de fichas de acordo com o tempo que você tem. Em um caso como o anterior, é melhor acelerar um pouco mais a estrutura com blinds de 15 em 15 minutos e 3 mil fichas por jogador, com blinds começando em 25/50. Não recomendo usar menos de 15 minutos para a mudança dos blinds; às vezes você não consegue sequer jogar uma órbita inteira em um nível, dependendo da ‘habilidade’ dos dealers, se é que vocês me entendem...

Com ou sem Rebuys? Para quem não sabe, rebuys são recompras de cacife. Podem ser feitas antes do início do jogo ou, se o torneio permitir, a qualquer momento quando o jogador tiver menos fichas que o stack inicial. Geralmente os torneios são limitados a um rebuy por pessoa ou rebuys ilimitados até o quarto nível de blinds. Acho justo liberar um rebuy por pessoa, pois ninguém quer se deslocar para um evento como esse, jogar quinze minutos, ser eliminado e virar o dealer da mesa. Ao mesmo tempo, se quiser usar a estrutura dos rebuys ilimitados, pense que cada jogador deverá fazer pelo menos três ao longo do período de rebuy, então ajuste o buy-in do torneio de acordo para o jogo não ficar muito caro para os participantes.

Paradas estratégicas. Agende paradas de 5 a 10 minutos a cada 4 níveis de blinds. É bom para um eventual pit-stop no banheiro ou na cozinha e pra esfriar a cabeça de todos os jogadores.

Sorteie os lugares. Utilize um baralho para sortear os lugares antes de sortear o dealer. Pode-se sentar em ordem cronológica, da carta maior a menor, sorteando novamente eventuais empates. DICA: caso essa regra não exista ou ninguém queira implementá-la, procure sentar-se à direita dos piores jogadores e à esquerda dos melhores, assim você terá posição em mais mãos contra os jogadores mais fracos. =)

Fichas. É muito bom, apesar de não ser obrigatório, ter um bom fichário (eu já joguei com dinheirinho de mentira, moedas de 1 centavo e pregadores de roupa, lol). Separe previamente o número de fichas necessário para cada jogador; se possível utilize o mesmo número de fichas de cada cor para cada jogador, evitando confusão na hora de distribuí-las.

A lei está a seu lado. Parece bobagem, mas tem gente que se preocupa com isso, então vale o esclarecimento: a Lei de Contravenções Penais diz que é contravenção ‘Estabelecer ou explorar jogo de azar em lugar público ou acessivel ao público, mediante o pagamento de entrada ou sem ele’ e considera como jogo de azar ‘o jogo em que o ganho e a perda dependem exclusiva ou principalmente da sorte’. Como sua casa não é lugar público, você não está explorando jogo algum por não ganhar nenhum benefício financeiro direto, o que ocorreria se fossem cobradas taxas de inscrição etc. e PRINCIPALMENTE pelos laudos já existentes que provam que o poker não é jogo de azar. Não vou me estender muito no assunto, indicando o excelente post do Dr. Otávio de Queiroga, ‘Porque Jogo de Poker não é Jogo de Azar’.

Munidos de todas essas dicas, espero que vocês se divirtam bastante jogando campeonatos de poker em casa! Para fechar o post, indico um site em inglês com várias ferramentas e ainda mais dicas e referências para quem pretende organizar um torneio caseiro: Home Poker Tourney

Abraços e bom jogo a todos!